QUEM SOU?

Minha foto
Goiania, Brazil
Um homem simplesmente aí, jogado no rio do devir a procura de si mesmo. Um campo de batalha... uma corda sobre o abismo, um ser no mundo corroido pela angustia da certerza da própria morte, mas que faz dessa consciencia da finitude um motivo para se responsabilizar mais por cada uma de suas escolhas.http://lattes.cnpq.br/9298867655795257

terça-feira, 6 de setembro de 2016

CADA ESTADO TEM OS GANFANHOTOS QUE MERECEM

É um sintoma preocupante  o fato de nos últimos concursos públicos realizados pelo Estado, o concurso para professor  oferecer um salário aviltante, abaixo de salários de bombeiros e policiais... categorias que já são mau assistidas e remuneradas. Numa sociedade onde a educação não se degenera em instruir e treinar incompetentes sociais, mas em formar o verdadeiro cidadão que se reconhece como co-responsável pela gestão da coisa pública, a  polícia, por exemplo, seria dispensáveis. 

Para mim a seguinte equação  parece óbvia: Mais Educação  significa menos policiais e menos fiscais. Aos filósofos resta o silêncio diante do espetáculo patético oferecido por nossos políticos e funcionários públicos, que mantêm o poder e suas regalias as custas da ignorância e alienação dessa gentalha que se contenta em apenas sobreviver...Se pelo menos os políticos, os jovens governadores, se interessassem pela filosofia, eles teriam melhor capacidade para  se reconhecerem em seus governados. Aprenderiam que um verdadeiro lider não sofre mais por si mesmo, mas pelo homem.